Notícias
rosto feminino com riscos de setas na bochecha | Dicas para seguir após uma cirurgia plástica

Dicas para seguir após uma cirurgia plástica

Como desinchar após a cirurgia plástica?

Todo tipo de cirurgia plásticatraz uma série de benefícios ao indivíduo: ajuda na autoestima, deixa o corpo com uma aparência estética mais bonita e garante mais autoconfiança. Mas, para que tudo ocorra dentro do previsto e como acertado entre médico e paciente, uma série de cuidados é necessária, sobretudo na fase pós-operatória, de modo a evitar situações desagradáveis, como o surgimento de cicatrizes ou problemas mais graves. Essas situações, além de comprometerem todo o resultado, ainda podem colocar a saúde em risco.

O chamado “pós-operatório” tem início assim que o paciente deixa o centro cirúrgico, mas a atenção passa a ser redobrada, de fato, quando esta pessoa chega em casa. Dependendo do procedimento realizado, a fase pode durar até seis meses. Somente após todo esse intervalo, os verdadeiros resultados poderão ser observados.

Com isso, existem exigências a serem cumpridas. É um período em que se deve evitar os maus hábitos, como o consumo de álcool e cigarros. Além disso, é preciso seguir uma dieta equilibrada, não exagerar na prática de atividades físicas, expor-se ao sol apenas com a devida proteção, entre outros cuidados.

Inchaço corporal

Não importa se o paciente fez um implante de próteses de mama, lipoaspiração, abdominoplastia, rinoplastia ou qualquer outro procedimento, todos eles geram inchaço corporal, principalmente nos primeiros dias. Isso se deve à retenção de líquido, natural quando ocorre alguma alteração no organismo humano. Ainda assim, o quadro não é preocupante, pois existem medidas fáceis, que colaboram com a superação do “problema”.

Um exemplo são as sessões de drenagem linfática. Essa é uma técnica de massagem que, como o próprio nome diz, trabalha no sistema linfático, estimulando o seu funcionamento de maneira rápida. Os movimentos promovem a circulação da linfa, líquido que está presente nos vasos localizados nos gânglios linfáticos, que contêm toxinas e outras substâncias orgânicas e inorgânicas. A função da drenagem linfática é acelerar a remoção de líquidos presentes entre células e resíduos metabólicos, levando-os até os vasos capilares para que, então, sejam eliminados.

Outros procedimentos incluem o uso de malhas de compressão e a adoção de uma dieta balanceada depois da cirurgia. Siga todas as orientações de seu médico!

Truques na alimentação

A alimentação pós-cirurgia plástica deve ser elaborada com cuidado. Excessos não são bem-vindos, bem como o consumo de álcool, que precisa ser eliminado. Também existem itens que atuam como excelentes aliados do paciente. Os chás, por exemplo! Muitos deles têm alto poder de desinchar o organismo e promover a eliminação de toxinas.

O chá verde não ganhou fama no mundo inteiro à toa. Ele é amplamente reconhecido por colaborar com a desintoxicação do corpo humano. O sabor pode, sim, ser um pouco amargo, mas os resultados compensam. As propriedades da bebida aceleram o metabolismo, trazem sensação de saciedade e têm ação diurética. Além disso, é um poderoso antioxidante e rico em vitaminas B1, B2, C e K.

Busque, ainda, dar preferência a alimentos como abóbora-moranga, cenoura, beterraba, manga, pimentões, mamão, damasco e batata-doce, pois são excelentes fontes de betacaroteno. A substância participa da síntese do colágeno, atribuindo maior resistência aos vasos sanguíneos. O consumo de frutas vermelhas também é recomendado, uma vez que têm ações anti-hemorrágicas e anti-inflamatórias, colaborando com os processos de desinchaço e controle de sangramentos.

Beba água para desinchar após a cirurgia plástica

Para desinchar após a cirurgia plástica, beba a quantidade de água prescrita por seu médico. Ao contrário do que se pode pensar, ela não gerará inchaço, desde que ingerida corretamente.

A água mantém a hidratação e garante o bom funcionamento do organismo, pois acelera a filtragem do sangue e elimina o sódio acumulado, ou seja, diminui o edema. Em geral, a quantidade ideal costuma ser de oito copos por dia (cerca de 1,5 litro). Marque sua consulta com a Dra. Beatriz Medina e saiba mais!

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Whatsapp