Notícias
nádegas de mulher | Saiba tudo sobre a Prótese de Glúteos

Saiba tudo sobre a Prótese de Glúteos

Um tipo de cirurgia que vem conquistando o mercado estético, em especial as mulheres, é a prótese de glúteos, também chamada pelos profissionais e pacientes de gluteoplastia.

Acredita-se que o Brasil é o segundo país que mais realiza esse procedimento, que visa tornar os glúteos maiores e mais arredondados, dependendo do desejo de cada interessado. Ao todo, são mais de 50 mil cirurgias por ano, um número alto e que perde somente para os Estados Unidos.

Mas como é o procedimento?

Para a colocação da prótese, o médico precisa necessariamente alcançar o músculo do paciente e, por isso, ele faz uma incisão em sentido vertical na região superior do interglúteo. A prótese pode ser colocada dentro, abaixo ou sobre o músculo. Ela deve ser acomodada de forma precisa para não gerar qualquer risco ou possíveis dores no paciente.

A cicatriz pós-cirúrgica é pequena e fica completamente escondida no sulco entre os glúteos, ou seja, não causa nenhum incômodo estético na pessoa que passou pelo procedimento. Ressaltando que essa cirurgia dura, em média, apenas 1 hora. Já a internação tende a ser de 1 dia, dependendo de como o paciente reage e se comporta após a finalização da operação.

Qual anestesia é usada?

Dois tipos de anestesia podem ser usados para a realização do procedimento, a geral e a peridural. Esta última é uma opção que bloqueia a dor do paciente e impede que ele tenha sensações na região que está sendo operada.

Quais tipos de próteses podem ser usados?

O tipo de prótese que será usado tem relação direta com o resultado pretendido e esperado pelo paciente. Os médicos especializados nessa cirurgia trabalham com três opções diferentes de formatos.

Uma das mais procuradas para a gluteoplastia é a prótese redonda. Sua principal função é levantar a região. Já o formato oval, por sua vez, tem o objetivo de preencher a área lateral dos glúteos.

Por último, ainda existe o tipo quartzo, que aumenta a projeção da região. Esse formato é colocado na parte posterior e vertical dos glúteos.

E quais os tamanhos de prótese?

Depois de escolher o formato da prótese de glúteos, chega o momento de decidir o tamanho da prótese. O mais recomendado é ficar entre 200 e 500 mililitros, já que maior que isso acaba ficando extremamente artificial.

Lembrando que o profissional irá indicar o tamanho ideal para cada interessado, tendo em vista um resultado mais harmônico. Essa indicação é feita com base na estrutura corporal do paciente.

Para quem essa cirurgia é indicada?

Essa cirurgia é muito indicada para pacientes que buscam uma melhora estética dos glúteos, seja para levantá-lo, deixá-lo mais redondo ou até para aumentar o seu tamanho. Além disso, a gluteoplastia também é uma ótima opção para aquelas pessoas que desejam retirar a flacidez da região dos glúteos.

Principais cuidados no pós-operatório

Todo pós-operatório exige cuidados especiais, e depois da colocação de prótese de glúteos não é diferente. É necessário que o paciente siga todos os procedimentos exigidos pelo médico, garantindo que sua recuperação seja rápida e sem qualquer contratempo.

Entre os principais cuidados exigidos está a higiene na região operada, evitando uma possível infecção. Além disso, o paciente não pode sentar nem deitar em cima das suas próteses na primeira quinzena do pós-operatório.

,p>Também é extremamente importante não praticar esportes que possam ter impacto na região que passou pelo procedimento por 45 dias, como, por exemplo, o hipismo.

Outro fator de alerta é que após a gluteoplastia, o paciente fica impedido de realizar qualquer injeção glútea. Vale destacar que o resultado final e definitivo do procedimento vem depois de 2 a 6 meses.

Procure um profissional e uma clínica especializada

Para que todo o processo seja feito com segurança, é essencial realizar o procedimento em locais que sigam as determinações exigidas pelas boas práticas da cirurgia plástica. Cabe ao paciente procurar uma clínica e um profissional experiente e especializado na área. Vale ressaltar que apenas médicos especialistas, como a Dra. Beatriz Medina, estão aptos a realizar o procedimento com segurança.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Whatsapp