Notícias
Cirurgia Estéstica e Cirurgia Reparadora

Saiba a diferença entre cirurgia reparadora e cirurgia estética

É comum que pessoas tenham dúvidas sobre as diferenças entre uma cirurgia reparadora e cirurgia estética. Apesar de ambas serem cirurgias plásticas e poderem ser feitas na mesma parte do corpo, cada uma serve a uma finalidade específica.

Para começar, a cirurgia estética costuma ser opcional e ligada à aparência, enquanto a cirurgia reparadora está diretamente ligada a uma necessidade, e em muitos casos, a questões de saúde.

Cirurgia plástica estética

O objetivo da cirurgia plástica estética é favorecer a aparência, corrigindo imperfeições ou melhorando formas e contornos. O paciente que se submete a ela não está em busca de saúde física, mas da melhora de algum aspecto que normalmente não lhe agrada em seu corpo. Ou seja, seu objetivo é mudar algumas condições que não causam prejuízo de ordem funcional ao paciente, e sim de ordem psicológica.

Alguns exemplos de cirurgia plástica estética:

  • Mamoplastia redutora – redução dos seios
  • Mamomplastia de aumento – prótese de silicone
  • Abdominoplastia
  • Lipospiração
  • Rinoplastia
  • Lifting
  • Ginecomastia – mama masculina
  • Gluteoplastia

Cirurgia plástica reparadora

Diferente da cirurgia plástica estética, a cirurgia plástica reparadora é feita em estruturas anormais do corpo, problemas causados de forma congênita, problemas de desenvolvimento ou crescimento, trauma, infecção, tumores ou doenças. Ela tem como objetivo a melhoria da aparência física e funcional do paciente, e ajuda até na recuperação psicológica.

Alguns procedimentos considerados cirurgias reparadoras:

  • Reconstrução mamaria – em casos de câncer de mama
  • Reconstrução de orelha
  • Cirurgia crânio-maxilo-facial – para corrigir síndromes congênitas e de lábio leporino
  • Tratamentos para sequelas de queimaduras
  • Cirurgia dermatológica – em casos de câncer de pele
  • Cirurgia reconstrutora pós-bariátrica

É importante que o paciente esteja consciente de que a cirurgia plástica vai além de um tratamento de beleza; é um procedimento cirúrgico, com todos os riscos que uma cirurgia acarreta. Desta forma, é imprescindível que o paciente esteja preparado e com todos os exames em dia.

Para que você possa identificar a real necessidade de qualquer intervenção cirúrgica, é importante a consulta com um profissional, pois somente ele poderá ajudar na decisão, evitando, assim, futuros problemas estéticos e até na autoestima.

Contar com um profissional de cirurgia plástica de confiança é um grande passo para o sucesso da cirurgia. A Dra. Beatriz Medina é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e realiza cirurgia plástica no Rio de Janeiro, em seus consultórios na Barra da Tijuca e em Niterói.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente

Whatsapp